A A A

Notícias


O Brasil precisa se estruturar para o envelhecimento da população

O presidente eleito da SBC, Marcelo Queiroga, participou de importante fórum, na sexta-feira passada, que debateu as políticas públicas para a saúde da pessoa idosa. O evento foi no auditório Fernando Falcão da Assembleia Legislativa do Maranhão, em São Luiz/MA. “Os governos precisam pensar hoje em políticas públicas que atendam, de forma adequada e eficaz, a população com 60 anos ou mais”. Atualmente, o Brasil tem mais de 30 milhões e as projeções mundiais são de que, em 2030, o país terá a quinta maior população de idosos no mundo. “Se não houver planejamento e prevenção cardiovascular, não haverá sistema público, nem privado que suportará a demanda de atendimento”, alerta o presidente eleito.

Marcelo Queiroga defendeu, no fórum de debate, em São Luiz, a avaliação de novas tecnologias e análises econômicas para incorporação no Sistema Único de Saúde – SUS no Rol de Procedimentos da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS. “Precisamos ter de forma muito clara quais são as tecnologias, em saúde, aplicáveis no Brasil, considerando as evidências científicas e custo-efetividade compatíveis com a capacidade orçamentária”, lembrou. Os debates sobre as políticas públicas para a saúde da terceira idade contaram com as presenças da presidente do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso, Maria Lucia Secoti Filisola, da coordenadora Nacional da Pastoral da Pessoa Idosa, irmã Terezinha Tortelli, da deputada estadual do Solidariedade, Helena Duailibe, além do presidente eleito da SBC.


(Da esquerda para a direita) Marcelo Queiroga, Deputada Helena Duailibe, Irmã Terezinha Tortelli, Maria José Rios de Souza e Gustavo Gama


Marcelo Queiroga com a coordenadora Nacional da Pastoral da Pessoa Idosa, Irmã Terezinha Tortelli


Voltar 

Mapa do Portal

Conheça a SBC

Associados

Serviços

Produtos

Eventos

Seções

Desenvolvido pela Diretoria de Tecnologia da SBC - Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2019 | Sociedade Brasileira de Cardiologia | tecnologia@cardiol.br
Última atualização: 22/7/2019